14 a 17 de novembro | Brasília
CAsB - Clube de Astronomia de Brasília
MENU
 
Enviado por admin em 07/nov/2013

Atividades, Pesquisas e Descobertas de um Observatório Lunar

Autor(es): Ricardo José Vaz Tolentino

Instituição: FUMEC VTOL

Área do Trabalho: Pesquisa Amadora (fotometria, espectrometria, astrometria, observação visual sistemática etc)

Modalidade: Palestra

Nada mais a descobrir na Lua?
Ou existem formações desconhecidas para serem reveladas?

Muitos acreditam equivocadamente que a Selenografia é uma ciência morta, que a Lua encontra-se totalmente mapeada e que não há nada mais a se descobrir em sua superfície. Este é um ponto de vista equivocado a ser revisto.

É bem verdade que hoje dispomos de mapas lunares bem detalhados, julgados completos. Entretanto, para o selenógrafo especialista, os mapas da Lua constituem-se apenas numa referência. O campo de provas é a real superfície lunar, vasculhada sob olhos atentos e experientes, bem diferente de uma folha de papel.

Nessa palestra vamos apresentar as atividades, pesquisas e descobertas de um pequeno Observatório Lunar, através de suas selenofotografias e descobertas de formações não catalogadas que foram notícia no Brasil e no exterior.

Realização:
Realização
Patrocínio:
Patrocínio
Apoio:
Apoio
© 2017 16º ENAST - Encontro Nacional de Astronomia.    Todos direitos reservados. Administrar Site Design: Fábrica de Criação             concrete5 - open source CMS